As melhores Taxas para um Crédito Habitação em 2024

Descubra as taxas de juro negociadas pela CAFIMO com apenas um clique

2 anos

Taxa mais baixa

2.5%

Taxa média

3%

O nosso barómetro foi criado para lhe oferecer as melhores taxas de juro em Portugal atualmente. Compara as taxas de juro dos bancos em Portugal e proporciona uma visão sobre as melhores taxas de crédito habitacional hoje

Banque Novo Banco
Banque Santander
Banque Bankinter
Banque CTT
Banque Abanca
Banque Crédito Agricola

As melhores taxas do mercado, para todas as situações

Taxa Fixa

A taxa de juro fixa permanece inalterada ao longo do empréstimo, o que significa que as suas mensalidades serão sempre as mesmas, independentemente das variações do Euribor. Este é um grande benefício, embora as taxas fixas sejam geralmente mais altas do que as variáveis.

Taxa Variável

A taxa variável ajusta-se, cada ano, conforme as variações do Euribor. É uma opção mais arriscada, mas pode ser atraente dependendo da natureza do seu projeto.

Taxa Mista

As taxas mistas combinam o melhor dos dois mundos: os primeiros anos do seu empréstimo serão a uma taxa fixa, conforme as condições que definiu com o banco, passando depois para uma taxa variável pelo resto do período. Isso traz estabilidade e flexibilidade.

 

Spreads das Taxas de Crédito Imobiliário em Portugal

 

O Spread é a margem que o banco acrescenta à taxa de referência com a qual empresta dinheiro para formar a sua taxa de juro final. Assim, os bancos lucram com este spread. Existem vários fatores chave que podem influenciar o spread que lhe é aplicado:

  • A sua solvabilidade, de acordo com a sua situação financeira
  • O rácio LTV (Loan-to-Value), que é a proporção entre o montante do empréstimo e o valor do bem que está a comprar. Quanto mais alto for este rácio, maior é o risco para o banco, que assim tomará uma maior margem num LTV elevado.
  • Os custos operacionais do banco e os seus objetivos de lucro, sobre os quais você não tem influência.


Embora seja difícil estimar os spreads dos diferentes bancos, a função das nossas equipas de intermediários é negociar ao máximo para lhe obter as melhores condições financeiras possíveis.

Ao contrair um empréstimo, é importante saber que nem todos os bancos oferecem as mesmas condições. Mesmo para um cenário idêntico, os spreads propostos podem variar significativamente. Para ilustrar melhor, aqui está um exemplo claro:

  • O banco A proporia um spread de 1,2% + taxa de referência
  • O banco B proporia um spread de 1,5% + taxa de referência


Esta pequena diferença de 0,3% pode parecer insignificante, mas tem um impacto muito importante ao longo da duração do seu crédito imobiliário. Para um montante de 200.000€ ao longo de 25 anos, isso representa uma diferença de 8.367€.

O Euribor e o seu impacto no crédito habitação em Portugal

 

Euribor significa Euro Interbank Offered Rate. É um componente principal das taxas variáveis em Portugal e representa a taxa de juro a que os bancos emprestam dinheiro entre si. Eis como o Euribor pode afetar o seu crédito habitação:

  • Se estiver numa taxa variável e o Euribor aumentar, as suas prestações mensais irão aumentar. Inversamente, se ele diminuir, a sua prestação também diminuirá. 
  • Muitos bancos portugueses usam o Euribor a 6 meses como referência para estabelecer a sua taxa hipotecária variável. Outros podem basear-se no Euribor a 12 meses ou a 3 meses.


Historicamente, o Euribor tem tido várias flutuações:

  • Em 2008, o Euribor a 6 meses atingiu um pico de 5,4%
  • Em 2015, entrou em território negativo, chegando a -0,4% em 2021
  • Atualmente, em março de 2024, está novamente em níveis elevados, situando-se em torno de 3,9%


Acompanhar este indicador é crucial se optar por um crédito imobiliário a taxa variável. Embora não possa controlar o Euribor, pode manter-se informado e fazer escolhas mais conscientes conforme a sua evolução.

Calcule as suas Mensalidades de Crédito Habitação

 

Em Portugal, encontrará dois termos-chave durante a pesquisa de empréstimo imobiliário: TAN (Taxa Anual Nominal) e TAEG (Taxa Anual Efetiva Global).

O TAN é a sua taxa de crédito imobiliário. O TAEG, baseando-se no mesmo princípio, engloba todos os custos adicionais como taxas e seguros. Ao comparar ofertas, é importante basear-se no TAEG para ter uma ideia mais clara do custo total do seu financiamento.
Para estimar as suas mensalidades, pode usar o nosso simulador de crédito habitação. Basta introduzir a sua taxa e o simulador fará o resto.

 

Mantenha em mente que uma pequena diferença na taxa de juro do crédito habitação pode ter um grande impacto nas suas prestações mensais:

  • Um crédito habitação de 200.000€ a 2% durante 30 anos equivale a 739€ por mês. O mesmo crédito habitação a 3,5% equivale a 898€ por mês.
  • Esta diferença de 159€ por mês transforma-se em 57.186€ ao longo da duração total do empréstimo. Portanto, considere bem estes elementos nas suas pesquisas.

Fatores que Influenciam as Taxas de Juro em Portugal

 

Muitos factores influenciam a subida ou descida das taxas de juro em Portugal. O Banco de Portugal é responsável pela política monetária do país e pela regulação do sistema bancário. Os empréstimos são susceptíveis a variações nas taxas de juro, tanto para aumentos como para reduções. Alguns dos elementos chave que influenciam a sua variação incluem:

 

A economia global e as decisões do banco central:

  • Quando o Banco Central Europeu aumenta as suas taxas diretoras, os juros hipotecários frequentemente aumentam em paralelo

 

A qualidade do seu perfil de crédito:

  • Um bom score de crédito pode significar taxas de juro mais baixas. Representa a sua fiabilidade financeira e capacidade de reembolso das suas dívidas.
  • Em caso de dificuldades anteriores em reembolsar créditos, um histórico de crédito negativo pode resultar em taxas mais altas ou empréstimos recusados.

 

O montante que empresta relativamente ao valor da sua casa:

  • O LTV (Loan-to-Value, ou Rácio de Financiamento pelo Valor do Imóvel) é o montante do seu empréstimo em relação ao valor da propriedade.
  • Um LTV mais baixo (e, portanto, um pagamento inicial maior) geralmente significa melhores taxas de juro.

 

O tipo de propriedade: 

  • Alguns bancos oferecem taxas diferentes para residências principais e secundárias

 

A duração do empréstimo:

  • Os períodos de empréstimo mais longos são geralmente associados a taxas de juro mais altas. Para os bancos, períodos mais longos são mais arriscados, de modo que um empréstimo hipotecário a 30 anos geralmente custa mais do que um a 10 anos. Esta regra é geralmente verdadeira, mas pode variar em caso de instabilidade económica a curto prazo.

 

Estudar as tendências económicas e melhorar as suas condições são muito úteis para navegar no mercado de crédito em Portugal. Lembre-se de que pequenas variações nas taxas podem acumular-se ao longo dos anos e tornar-se significativas. Portanto, escolha o seu crédito imobiliário com cuidado.

Perguntas mais frequentes

Com que frequência as taxas variáveis são atualizadas?

As mensalidades aumentam ou diminuem conforme as variações das taxas de referência, como o Euribor. Os credores ajustam as taxas variáveis trimestralmente, semestralmente ou anualmente, conforme o seu contrato. Vigie o Euribor para antecipar possíveis aumentos ou diminuições nos pagamentos do seu empréstimo a taxa variável.

Posso mudar de uma taxa variável para uma fixa?

A mudança de uma taxa variável para uma fixa é possível em Portugal. O seu intermediário CAFIMO pode informá-lo sobre as opções e taxas aplicáveis. Embora a taxa fixa assegure pagamentos mensais regulares, mudar de banco ou pagar antecipadamente pode implicar custos.

O que acontece se o Euribor aumentar significativamente?

Se as taxas Euribor aumentarem significativamente, a taxa variável do seu crédito habitação ajustar-se-á em conformidade. Poderá ter de pagar mensalidades mais elevadas. Para mitigar esse impacto, pode optar por um crédito imobiliário a taxa fixa. É prudente antecipar possíveis aumentos nas taxas e constituir uma reserva financeira para esse fim.

Qual é a atual taxa de juro do mercado imobiliário em Portugal?

Em março de 2024, as taxas de juro médias do mercado da habitação rondavam os 3,5% para taxa variável e os 4% para taxa fixa. No entanto, tenha em conta que as taxas podem variar consoante o banco, o LTV do mutuário. Por isso, é sempre aconselhável comparar as ofertas de vários bancos antes de se decidir por uma oferta.